Administração na prática

O que é CPA e como deve ser feita?

Você sabe o que é CPA? Comissão Própria de Avaliação é uma ferramenta utilizada pelas instituições de ensino para desenvolver estratégias que diagnostiquem o desempenho da escola. É recomendado que o  quadro de integrantes da comissão seja composto por todas as áreas da comunidade escolar, desde alunos e responsáveis até professores, gestores e funcionários.

Por meio da CPA é possível identificar os principais pontos onde a escola precisa de melhorias e, a partir daí, fazer um novo planejamento focando nos problemas apontados. Por isso, é tão importante que a comissão seja composta de pessoas de diferentes áreas para obter um ponto de vista amplo da instituição.

Ficou curioso? Neste artigo apresentamos o que é CPA, qual sua importância e como deve ser feita. Continue a leitura para saber tudo sobre o assunto!

Quais os eixos utilizados pelo CPA?

De acordo com a Lei Federal nº 10.861/04, em relação a aplicação do CPA nas escolas, a comissão deve fazer uso de cinco eixos para formulação de suas ferramentas de avaliação, que são:

  • planejamento e avaliação institucional;
  • desenvolvimento institucional;
  • políticas acadêmicas;
  • políticas de gestão;
  • infraestrutura física.

Apesar do uso dos cinco eixos não serem obrigatórios para as escolas, eles são de grande auxílio na formulação dos métodos de avaliação utilizados pela CPA. Esses eixos englobam partes fundamentais de qualquer instituição de ensino e tanto sua implementação, quanto o acompanhamento, devem ser constantes para que sua escola alcance bons resultados.

Como implementar a CPA na minha escola?

Embora demande certo esforço, a CPA não é uma tarefa complexa e o retorno obtido é extremamente eficaz no que diz respeito a mapeamento e resolução dos problemas da instituição de ensino. Para compor uma CPA na sua escola, é importante estar atento aos principais passos. Confira abaixo!

Integrantes da comissão

O primeiro passo é definir quem fará parte do quadro de integrantes da comissão. O mais indicado é que envolva todas as áreas da comunidade escolar, como alunos, responsáveis, gestores, professores e funcionários para que seja possível avaliar sob diversos pontos de vista, facilitando a identificação de pontos que precisam de melhorias.

Ferramentas para avaliação

As ferramentas utilizadas para avaliação devem ser formuladas em conjunto para abranger todos os pontos de interesse da instituição. Como opções de ferramentas, podem ser utilizados questionários, índices de satisfação, avaliações, formulários de sugestão, entre outros. Independentemente da ferramenta escolhida, ela deve ser amplamente disseminada para que toda a comunidade escolar seja atingida.

Análise dos resultados

Após recolher os resultados das pesquisas, o próximo passo é analisar e estudar as possibilidades de melhoria. A escola deve desenvolver uma estratégia para solucionar os problemas apontados pela comunidade escolar e manter as boas práticas.

Se a CPA perceber que os alunos estão indo mal em uma determinada disciplina por conta do desempenho em uma avaliação, por exemplo, é preciso primeiramente identificar o que está levando a esse resultado: se é falta de interesse na matéria, complexidade do conteúdo ou a maneira como o professor apresenta a aula.

A partir daí, é possível pensar em formas de mudar o planejamento, acrescentando aulas e atividades que reforcem o conteúdo de forma mais dinâmica para os alunos conseguirem absorver.

Saber o que é CPA, sua importância e forma de implementar na sua escola é essencial para obter resultados cada vez melhores, visando o maior aproveitamento das atividades e sucesso da sua escola.

E aí, o que achou? Ainda tem alguma dúvida? Não hesite em nos deixar um comentário: estamos aqui para atendê-lo!