Administração na prática

Conheça 14 principais indicadores de desempenho para instituições de ensino

Tempo de leitura: 10 min

Para garantir o sucesso de uma instituição de ensino é necessário bem mais que um excelente sistema de aprendizagem. É imprescindível uma gestão educacional que consiga monitorar, planejar e agir de forma estratégica e eficiente.

Para isso é importante contar com indicadores de desempenho capazes de estabelecer métricas e acompanhar a performance não apenas dos setores pedagógicos da organização, mas também para otimizar os processos, reduzir os custos administrativos e aprimorar técnicas de ensino.

Então, para conhecer os principais indicadores de desempenho para instituições de ensino, não deixe de conferir o nosso post até o final.

O que são e a importância dos indicadores de desempenho

Os indicadores são métodos quantitativos e/ou qualitativos de monitoramento do desempenho de determinada tarefa ou processo no campo pedagógico e operacional. Uma cultura organizacional baseada em parâmetros é composta por ferramentas que oferecem informações precisas aos gestores para que o funcionamento da instituição possa ser constantemente aprimorado.

Os indicadores de desempenho podem ser utilizados para acompanhar as atividades diretas com os alunos, o setor logístico, as finanças, a inadimplência, as matrículas e o marketing da instituição, por exemplo. Assim, é possível criar estratégias de ação mais eficazes para evolução da instituição de ensino.

No entanto, é importante ressaltar que tanto os indicadores pedagógicos quanto os operacionais não devem ser avaliados isoladamente. É importante que haja uma comparação com períodos anteriores e a observação de possíveis interações para que se possa identificar eventuais problemas e traçar estratégias eficientes.

Para a área da educação, eles são importantes ao:

  • gerar dados sistematizados, claros e objetivos;
  • reduzir as falhas de comunicação da instituição;
  • subsidiar decisões estratégicas;
  • reduzir custos;
  • avaliar a performance da equipe de funcionários;
  • medir o desempenho dos alunos;
  • compreender as percepções e necessidades dos alunos;
  • estabelecer metas em curto, médio e longo prazo.

Conheça agora os 14 principais indicadores de desempenho para instituições educacionais e saiba como utilizá-los.

Os indicadores pedagógicos

São os indicadores relacionados com o processo e o método de ensino — referentes às atividades em sala de aula. Alguns a serem utilizados são:

Média de notas

Avaliação das notas dos alunos por disciplina em uma turma e no desempenho geral da instituição. Este é um indicador muito importante para repensar métodos de ensino e identificar irregularidades da aprendizagem.

Frequência

Avaliar as disciplinas com maior ausência, alunos que mais faltam por dia da semana e as faltas parciais (chegar atrasado ou sair mais cedo) e períodos com maior evasão. Esse indicador permite que a instituição perceba o interesse e participação dos estudantes (sem desconsiderar a possibilidade de faltas devido a problemas de saúde, trânsito etc).

Avaliação aluno-professor

Acompanhamento da percepção dos alunos sobre o corpo docente e dos próprios professores em relação aos alunos, tanto da turma quanto dos estudantes individualmente.

Fundamental para desenvolver relações mais saudáveis entre funcionários e alunos, assim como avaliar as performances em sala de aula. Indica também as melhorias que podem ser feitas por parte dos lecionadores e no conteúdo didático.

Reprovados

Avaliar a quantidade de alunos que foram reprovados em determinada disciplina ou série, de modo a verificar a qualidade do ensino e o desempenho dos próprios estudantes.

Os indicadores operacionais

Este tipo de indicador diz respeito às métricas para organização e funcionamento da instituição.

Número de novos alunos/formandos

Média para verificação do fluxo de entrada e saída de alunos da instituição. Importante indicador para avaliar a qualidade do ensino e permanência dos alunos, uma vez que se observa a proporção de estudantes que ingressaram e dos que concluíram a formação.

Evasão, trancamento, desistência e transferência

Taxa de alunos que, por algum motivo, deixaram de frequentar a instituição. Valioso indicador para aprimorar não só o ensino, mas repensar outros aspectos, como valores de mensalidade, relacionamento e suporte aos alunos etc.

Índice de captação de alunos

O índice de captação de alunos é importante para saber quantos alunos a instituição deve captar no ano, qual sua capacidade, número de candidatos por vaga disponível e a relação de interessados que, de fato, se tornaram alunos. Também devem estar organizados para pensar no interesse do público pela instituição e onde se deve investir para crescer.

Avaliação dos responsáveis

São feedbacks que devem ser sistematizados e interpretados, principalmente em instituições de ensino básico, que visam manter um bom relacionamento com os familiares dos alunos e turbinar os métodos de ensino. Podem ser obtidos por meio de formulários online e com possibilidade de anonimato.

Frequência dos professores

Assim como o diário de frequência dos alunos, é fundamental para a instituição contar com a sistematização da presença dos professores. Ausências e atrasos significativos devem ser monitorados, com o intuito de alinhar o comparecimento às aulas com o pagamento ao final do mês e identificar situações recorrentes.

Os indicadores financeiros e estratégicos

Desempenho no marketing

O desempenho no marketing diz respeito a eficiência do planejamento de comunicação, de presença em redes sociais e das campanhas publicitárias. Todas essas ações repercutem na captação de novos alunos.

Powered by Rock Convert

Então, para mensurar esse desempenho é fundamental analisar a relação da quantidade de leads — os consumidores em potencial que entraram em contato com o serviço e ficaram interessados — com a taxa de conversão em matrículas — aqueles que fecharam o negócio.

Além disso, também é importante conhecer o nível geral de verificação do cenário da instituição de ensino. Observe alguns deles:

  • notas gerais dos alunos — para calcular o desempenho geral da comunidade acadêmica;
  • avaliação da satisfação do time de docentes — para que os professores apontem críticas e sugestões de melhorias;
  • avaliação da satisfação do time de discentes — para analisar dados sobre a melhoria acadêmica com base na visão dos estudantes;
  • alunos matriculados/docentes — para avaliar se o time dos professores é o suficiente para a quantidade de estudantes;
  • avaliação do número de trancamento, evasão, transferências e matriculados — um indicador fundamental do nível de ensino, suporte oferecido ao discente, valor da mensalidade etc.;
  • número de formados/número de ingressantes — um cálculo essencial para analisar a eficiência da estratégia de uma instituição de ensino.

Fluxo de caixa

O fluxo de caixa é a métrica que permite relacionar as receitas e despesas da escola ao longo do período, a fim de identificar disparidades e evitar desequilíbrios. Para a eficiência desse indicador é fundamental uma organização financeira que preze pelo detalhamento de todos os gastos (em qualquer setor) e de toda receita. Assim, você tem um diagnóstico real e profundo das finanças da instituição.

Com os resultados desse índice você  poderá ainda ter informações precisas para realizar o redirecionamento de recursos, saber se a instituição está no positivo ou negativo e ser estratégico na hora de economizar.

Taxa de inadimplência

Um dos assombros de qualquer instituição de ensino e que deve ser monitorado de perto para não virar uma bola de neve é a taxa de inadimplência. Quantas mensalidades estão atrasadas, qual é o valor dos atrasos e quem são os devedores são informações básicas para verificar esse indicador e traçar planos para diminuí-lo.

Número de bolsas

Quantos alunos recebem bolsas ou algum tipo de desconto na instituição? Esses dados devem ser catalogados e atualizados com o objetivo de ter um melhor panorama das finanças da instituição.

Ticket médio

Métrica que estipula a média de gastos mensais dos alunos. É um indicador fundamental para fazer um controle de caixa e pensar em investimentos para ampliação e modernização da instituição.

Os indicadores nacionais de desempenho

Servem como parâmetro de comparação com outras instituições e métrica para a eficácia das decisões que estão sendo tomadas sobretudo no âmbito pedagógico. Alguns dos indicadores nacionais são o Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (IDEB), o Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) e as notas dos alunos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

É fundamental deixar claro que esses indicadores de desempenho podem gerar um volume de dados significativo. Como é perceptível, alguns deles são mais quantitativos e outro mais qualitativos, sendo necessário um olhar mais atento para interpretar com perspicácia as informações.

Quando esses indicadores são incorporados à gestão educacional e fazem parte de uma cultura da instituição, essa interpretação se torna parte do funcionamento da instituição. Além disso, ao serem sistematizados ao longo dos anos, cria-se uma memória que funciona como parâmetro para avaliar a trajetória dos setores e atividades da instituição como um todo.

Benefícios dos indicadores de desempenho

A partir dos números obtidos por esses indicadores no campo pedagógico e no campo operacional é possível tomar diversas decisões — já que vários aspectos são mensurados. Tudo depende de quais são as prioridades da instituição.

Por exemplo, você pode avaliar o número de satisfação do aluno em relação ao corpo de docentes e a instituição. Assim, fica mais fácil adotar estratégias para a evolução constante da escola.

Com esses indicadores você conhece a opinião do aluno sobre a infraestrutura oferecida, se as metodologias de ensino são pertinentes e qual a avaliação da didática do professor.

Desse modo, o coordenador da instituição pode analisar todos esses dados de forma criteriosa e estudar as melhores alternativas para solucionar os possíveis problemas apontados. Se o problema for com o professor, a melhor solução pode ser marcar uma reunião para propor estratégias de melhoria.

A mesma atitude pode ser tomada se houverem muitas críticas em relação à infraestrutura. Assim, é responsabilidade dos administradores distribuírem com maior eficiência as verbas e fazer os investimentos necessários.

Em outras palavras, os indicadores de desempenho permitem que os professores e coordenadores observem como os alunos vão construir seus currículos e como a instituição atua para fornecer uma base cada vez mais sólida para isso. Desse modo, os indicadores tratam a operação cognitiva de forma gradativa, permitindo sempre implementar melhorias.

Como um software de gestão educacional pode ajudá-lo

Uma forma de organizar esses indicadores é com a tecnologia, especificamente por meio de softwares de gestão que integram, armazenam e apresentam os dados de forma mais clara e, ainda, automatizam o processo. A possibilidade de cruzamento de dados também pode ser útil para identificar gargalos dos processos.

Como o diagnóstico atual de desempenho do estudante na maioria das escolas depende de avaliações, normalmente, bimestrais ou mensais — em que a aprovação ocorre com base nas notas — sem os softwares há uma maior dificuldade para analisar quais foram as dificuldades enfrentadas.

Com o avanço da tecnologia digital, mais precisamente de softwares de gestão educacional, é possível preparar conteúdos adequados para o desempenho individual do aluno e estimulá-lo a manter o ritmo no aprendizado — o que evita a evasão. Além disso, esse tipo de tecnologia também mostra uma visão geral do desempenho de professores e coordenadores do curso, para que todos possam analisar seus erros e acertos.

Ao optar por sistemas com hospedagem de informações na nuvem, facilita também o acesso e controle desses dados, que podem ser visualizados pelo gestor e diretor da instituição em qualquer momento, independentemente do dispositivo móvel utilizado. Assim, os indicadores de aprendizagem e de desempenho são otimizados.

Gostou de saber mais sobre os indicadores de aprendizagem e de desempenho para a educação? Divida esse conteúdo com seus amigos compartilhando o artigo nas suas redes sociais.

Powered by Rock Convert